Governo Municipal de Orizânia - MG

Voltar

Ações do governo

15/08/2013

II Conferencia Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável

 

 

II Conferencia Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável
“Tema: Traçando estratégias para promoção da segurança alimentar e nutricional em Orizânia - MG “


ECOS DA CONFERÊNCIA

 

Foi realizado no dia 31 julho de 2013, quarta-feira, a II Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável do município de Orizânia/MG. O evento aconteceu no auditório da E. M. Drº Xenofonte Mercadante, no período de 08 às 16 horas e contou com a participação efetiva de autoridades municipais: o Prefeito Municipal Sr Ederaldo de Souza Almeida , o Secretário Municipal de Assistência Social Robson Henrique Viana, a Secretária Municipal de Educação Maria Vicentina Reis Aguiar, o representante da Secretaria Municipal de Saúde, o enfermeiro Anderson Nassar marinho, os vereadores da Câmara Municipal Dirlei Alves da Silva, Romar Givigies Oliveira, Sérgio Magela Ribeiro, Moacir Pereira da Silva, Salvo Feliciano de Araújo, Rogério Luís do Carmo e Sidnéia Rufino Pereira S. Souza , além também da presidente do Conselho Alimentação Escolar – CAE Vanilda Aparecida do Nascimento Fialho, o presidente da Associação dos Trabalhadores Rurais da Agricultura Familiar de Orizânia – ATRAF Sebastião Domingos de Souza e a integrante do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável do Estado de Minas Gerais Isaura Pereira da Paixão.

 

 

Ao início do encontro os participantes, que totalizaram 80 pessoas, fizeram o credenciamento e foram recepcionados pelos Super Heróis da Saúde: Super Moranguinho, Broc Herói e Super Alface que lhes ofereceram um delicioso e saudável café da manhã (os Super Heróis são alunos da rede municipal de ensino que foram selecionados em um concurso de educação nutricional).

 

A abertura oficial da Conferência aconteceu às 9 horas da manhã, realizada pelo Prefeito Municipal Sr Ederaldo, que ressaltou aos presentes a importância de se discutir a Segurança Alimentar em todas as áreas de atuação pública do município e destacou a grandiosidade do evento como uma oportunidade de se discutir novas ações a serem desenvolvidas. A Secretária Municipal de Educação, Maria Vicentina, também fez uso da palavra e expressou sua satisfação em promover um evento de tamanha importância ressaltando a relevância da participação da maioria dos vereadores da Câmara Municipal.

 

Dando início às palestras da Conferência, a representante do CONSEAS-MG, Isaura Pereira da Paixão explanou sobre o tema Segurança Alimentar e Nutricional, enfocando principalmente a importância da preservação da água e os cuidados com a produção de alimentos desde o cultivo agro ecológico até a responsabilidade de levá-lo de forma segura até o consumidor final. Destacou ainda a realidade do mundo atual onde percebemos a discrepância no aumento da longevidade e consumo de alimentos e o êxodo rural. Após a explanação, os participantes discutiram a cerca das atuais condições de preservação das nascentes de água do município, ressaltando que a água é um bem pertencente à União e que é de responsabilidade pública a sua preservação. A representante do CONSEAS-MG, Isaura, se comprometeu a promover um vínculo entre os vereadores e autoridades públicas do município com o responsável pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Carangola de Muriaé para estreitarem o diálogo em prol deste motivo tão relevante.

 


 

Na continuidade do evento, a Nutricionista Drª Meire Cordeiro Cardozo, Responsável Técnica pela Alimentação Escolar no município, falou em nome da Secretaria Municipal de Educação, expondo os aspectos da Segurança Alimentar e Nutricional que são trabalhados pelo setor e os projetos bem sucedidos. Dentre as ações apresentadas, destacam-se a alta qualidade da alimentação escolar servida, presença do peixe no cardápio, o treinamento continuado e responsável dos funcionários que atuam com a alimentação coletiva e projetos de educação nutricional como Apertando o Cinto, Troca-troca no Fogão, Super Heróis da Saúde, Agricultura em Foco, proibição da entrada de alimentos não saudáveis na escola entre outros, que contribuíram para que o município recebesse nos dois últimos anos o Prêmio Gestor Eficiente da Merenda Escolar dado pela Ação Fome Zero. Ainda em sua fala, Drª Meire falou sobre as dificuldades que a Secretaria de Educação ainda encontra para intensificar as ações de Segurança Alimentar: inexistência de um veículo para específico para a Secretaria Municipal de Educação e para o transporte da Merenda Escolar; falhas de comprometimento de alguns funcionários e fornecedores com a responsabilidade em fazer o melhor; Vigilância Sanitária ainda não institucionalizada no município. Vários dos participantes presentes elogiaram as ações da Secretaria Municipal de Educação e os membros do CAE enfatizaram a necessidade do carro exclusivo para o transporte dos alimentos de acordo com as recomendações sanitárias. Os vereadores presentes manifestaram apoio para a esta conquista.
 

Para a apresentação das ações da Secretaria Municipal de Saúde, a apresentação foi realizada pelo enfermeiro do Posto de Saúde Municipal, Anderson Nassar Marinho, que apontou o empenho que a equipe de saúde vem fazendo com ações no SISVAN – Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional que faz o monitoramento do estado nutricional de crianças, gestantes e idosos (grupos de riscos), ressaltou ainda as ações educativas desenvolvidas pela equipe nas escolas, através do Programa Saúde na Escola, e também com grupos específicos.  Aproveitando o momento, foi levantada pela nutricionista Drª Meire, a discussão sobre a importância do trabalho das agentes comunitárias de saúde, que são os únicos servidores públicos que têm acesso direto em todas as residências do município e conseguem estar visualizando a realidade das famílias e estar acionando as demais secretarias para intervirem nas situações adversas que podem ser encontradas. A enfermeira Taciana, também presente na Conferência, aproveitou o momento para expor a dificuldade que ainda existe em muitas residências para aceitar a visita do agente de saúde, dificultando as ações.



 

Para o incentivo ao apetite, foi apresentado pelos Super Heróis da Saúde um show com músicas e paródias escritas por eles durante o processo de seleção do projeto. Os alunos motivaram e encantaram todos os presentes que seguiram para o almoço que contou com um cardápio balanceado e saudável, conforme é servido na alimentação escolar.

 

Às 13 horas foram retomadas as apresentações da Conferência, com a palestra feita pela Coordenadora do CRAS, Alessandra Januária da Silva, que expressou as opiniões da Secretaria Municipal de Assistência Social a respeito das ações de Segurança Alimentar. Inicialmente, elogiou os esforços das demais secretarias compreendendo que o trabalho que vem sendo feito pelo conjunto vem somando de forma muito positiva na melhoria das condições alimentares e de saúde da população. Ressaltou ainda que a Secretaria de Assistência Social procura trabalhar em parceria com as demais secretarias e que o Programa Bolsa Família vem sendo monitorado e acompanhado com mais atenção, na expectativa de cada vez mais colaborar para que as famílias que realmente necessitem sejam beneficiadas.

 

Na sequência, foi feita a apresentação da Câmara Municipal dos Vereadores, com a fala inicial presidente da Câmara, Dirlei Alves da Silva, que ressaltou novamente a importância da Conferência e da participação de todos os presentes. O vereador demonstrou a todos a abertura que a Câmara dá a toda a comunidade para expressar seus desejos e contribuições para que as ações da Câmara sejam de acordo com as expectativas da população. Destacou a importância do incentivo maior à Agricultura Familiar, demonstrando total apoio da Câmara Municipal. O vereador Rogério Luís também usou a palavra e enfatizou a importância da recuperação e manutenção das hortas escolares e o vereador Sérgio Magela também cumprimentou a todos e se comprometeu em auxiliar pessoalmente na concretização da Feira dos Agricultores na praça. Os vereadores distribuíram o cronograma das datas de reuniões da Câmara para o segundo semestre a todos os presentes e os incentivaram a estarem juntos para que outros momentos como este possa se repetir com mais frequência.

 

Em resposta aos incentivos, os representantes da ATRAF fizeram a explanação de suas dificuldades hoje no município. Através da fala, Sebastião e Manoel, agricultores da ATRAF discursaram sobre a dificuldade de se implantar a agricultura familiar como uma economia no município, uma vez que a produção cafeeira já é esta base. Os agricultores expuseram ainda a dificuldade de produção para a entrega na merenda escolar, por não existir agricultores o suficiente comprometidos com a responsabilidade da produção e entregas durante todo o ano letivo, falaram da necessidade que sentem da instituição da Secretaria Municipal de Agricultura para apoiar e incentivar as ações agrícolas no município, e ainda discutiram assuntos relacionados a vigilância sanitária e o SIM – Selo de Inspeção Municipal, Feira Livre dos Agricultores, previsão antecipada de produtos da Chamada Pública de 2014 e a construção de uma Agroindústria no município para incentivar as ações rurais. Todos os presentes se emocionaram com as falas simples e sinceras dos agricultores e as autoridades presentes se sensibilizaram em intensificar suas ações em prol da Segurança Alimentar com prioridade na agricultura.



 

Com o intuito de intensificar as discussões e levantamento de ideias, os participantes foram divididos em grupos para discutir metas e atitudes de Segurança Alimentar e Nutricional nas áreas da Educação, Saúde, Assistência Social e Agricultura. Muitas sugestões foram levantadas pelos grupos, entre elas:

  • fazer na Secretaria de Assistência Social um local de doação de excesso de produção de alimentos;
  • colocar em funcionamento a Feira Livre dos Agricultores;
  • aumentar a fiscalização das nascentes de água do município, pela Vigilância Sanitária, COPASA ou outro órgão de competência;
  • recuperar a horta da E. M. Drº Xenofonte Mercadante;
  • intensificar as ações de Educação Nutricional nas escolas para impedir que os alunos levem, mesmo que escondido, alimentos não saudáveis para consumir ou vender nas escolas, especialmente no horário da noite na E. M. Drº Xenofonte Mercadante;
  • utilizar os agentes comunitários de saúde como fiscalizadores das reais necessidades sociais das famílias que desejam ser inseridas no Programa Bolsa família;
  • introduzir alimentos da Agricultura Familiar na cesta básica que são distribuídas às famílias carentes;
  • implementar efetivamente a Secretaria Municipal de Agricultura;
  • trabalhar a produção agro ecológica no município e a punição para o uso de agrotóxicos;
  • reduzir a burocracia para a adesão dos agricultores às oportunidades de vendas para a Prefeitura ou Associação, elaborando informes simples e objetivos contendo explicações claras das documentações necessárias para este fim.

 

A II Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável de Orizânia-MG se encerrou às 16 horas, conforme o previsto, com a fala da Secretária de educação Maria Vicentina, que muito agradeceu a todos pelo comparecimento e principalmente, pela participação efetiva, com contribuições de ideias e discussões que fizeram deste momento um marco para o município.

 

 

 

 

 

Educação

Projeto

Projeto "A paz está em nossas mãos"

Administração

MP itinerante em Orizânia - Fotos

MP itinerante em Orizânia - Fotos

Educação

Documentos II Conferência Municipal de Educação

Documentos II Conferência Municipal de Educação

Rua Dorcelino Inácio de Souza, nº. 22 – Centro – CEP: 36.828-000 - Orizânia / MG

Atendimento: (32) 3743-7148

 

©2013 Prefeitura Municipal de Orizânia / MG. Todos os direitos reservados.

^ Subir